Vitor Pereira Jr
Contos, Crônicas e Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Meu Diário
24/08/2017 09h30
Um texto sem as vogais A, I, O, e U

     Denner de Rezende Scherer é de Verê. Ele é gerente de redes, crê em preces de fé desde neném, veste Lee bege de nerd, serve-se de crepe, e bebe tererê. De mês em mês ele elege escrever entre três e sete teses em rés de web: é remetente de teses célebres em “www.lente.net”. Percebe-se: entre escrever e ler, Denner prefere veementemente escrever. Cem vezes escrever. É mestre em escrever, e tem sede de escrever bem. E ele mede se escreve bem, em empreender reescrever ´té dez vezes, ´té escrever bem. Ele escreve: “Lembre-se, ser mestre nem sempre é ser excelente: é entender ter deveres e meter-se de frente, sem temer nem tremer. E pense, nem sempre ele, mestre, sente receber este presente: de ler-se. Ler depende de gente de mente perene e leve. E de repente, em vez de pretender ser mestre em escrever, prefere-se preceder-se, e, sem perder esse leme, se tente ler bem. Pense brevemente, e se dê este presente decente: Ler! Ler é crescer, cerne de semente em verdes estepes.” Excelente. É sem precedentes este célebre Denner Scherer.



Publicado por Vitor Pereira Jr em 24/08/2017 às 09h30
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras