Vitor Pereira Jr
Contos, Crônicas e Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Solidão (In: Textos sem verbo)
     No coração, só solidão. De tempo em tempo, uma palavra de tortura à mente: saudade. E então, inesperadamente, uma ponta de alegria mais uma vez. Mas só uma ponta, breve e passageira. Seus pensamentos em um passado de paixões, e no chão, as cartas e as poesias de um tempo bom, já distante. Uma distância tão sufocante, que quase insuportável, mas ainda sim, uma lembrança de um tempo bom. Para ela, nada mais de promessas, nada mais de calor. Ah, sem ele, sem aquela mão amiga, aquele ombro confortante, só o frio da desilusão, e os sentimentos profundos de insegurança e desconforto. E a chuva. Então, de repente, sem mais nem menos, uma pergunta: Por que tudo aquilo? Sem resposta. Não qualquer resposta, mas a resposta de esperança, a resposta dela e dele. Mas que aperto no coração agora vazio! Então, pela janela, só a chuva.
Vitor Pereira Jr
Enviado por Vitor Pereira Jr em 20/01/2011
Alterado em 01/03/2017
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras