Vitor Pereira Jr
Contos, Crônicas e Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

O prédio dos religiosos
     Era uma vez, seis vizinhos que moravam no mesmo andar de um prédio de apartamentos. Um católico, um evangélico, um judeu, um muçulmano, um espírita, e um cético. Certa manhã, quando saíram para trabalhar, os seis vizinhos desceram juntos pelo elevador.
     Então o católico disse: “Não posso deixar de contar a vocês a maravilhosa experiência que tive esta noite. Eu recebi uma revelação da Virgem Maria, que me pediu para rezar dez Ave-Marias pelas almas do purgatório. Minha fé me dá a certeza de que esta experiência veio de Deus”.
     Então o evangélico disse: “Que curioso...! Eu também tive uma maravilhosa experiência esta noite. Eu recebi uma revelação do próprio Senhor Jesus Cristo, que me deu a certeza de que somente Ele é o nosso único intercessor. Minha experiência parece entrar em contradição com a sua. Mas minha fé me dá a certeza de que minha experiência veio de Deus”.
     Então o judeu disse: “É realmente uma situação inusitada...! Eu também tive uma maravilhosa experiência esta noite. Em sonho eu vi o próprio Javé, pai de Abraão, que me deu a certeza de que somente Ele é Deus e que não há salvação fora dos mandamentos que Moisés escreveu. Minha experiência parece entrar em contradição com as suas. Mas minha fé me dá a certeza de que minha experiência veio de Deus”.
     Então o muçulmano disse: “Que fantástico...! Eu também tive uma maravilhosa experiência esta noite. O anjo Gabriel apareceu para mim e me certificou que aquele que não seguir o Alcorão revelado a Maomé é um descrente. Minha experiência parece entrar em contradição com as suas. Mas minha fé me dá a certeza de que minha experiência veio de Deus”.
     Então o espírita disse: “Quantas manifestações interessantes...! Eu também tive uma maravilhosa experiência esta noite. Eis que em plena madrugada veio em meu quarto uma bondosa alma desencarnada, que me orientou a evoluir moralmente a fim de progredir a cada reencarnação. Minha experiência parece entrar em contradição com as suas. Mas minha fé me dá a certeza de que minha experiência veio de Deus”.
     Então o cético disse: “Quanta coincidência...! Imaginem que esta noite eu tive um sonho esquisito. Uns alienígenas me abduziram para um planeta onde as pessoas viviam sem guerras porque já não havia religião. Então, já que todas as nossas experiências contradizem umas às outras, isso parece provar que ou nenhuma pessoa realmente conheceu a Deus nem mesmo sabe o que Ele quer, ou simplesmente não existe Deus algum”.
     Quando os seis vizinhos saíram do prédio, uma menina cigana, que passava pela calçada, entregou a cada um deles uma rosa e disse: “Tudo é belo como esta rosa, porque a beleza da criação está dentro de cada um de nós. Eu não peço nada em troca dessas rosas, apenas que exalem da mesma beleza dela com todas as pessoas que conhecerem. Façam disso a religião de vocês”.
     Quando a menina foi embora, os seis vizinhos tinham lágrimas nos olhos, que agora pareciam estar coincidentemente iluminados.
Vitor Pereira Jr
Enviado por Vitor Pereira Jr em 17/10/2011
Alterado em 28/11/2014
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras