Vitor Pereira Jr
Contos, Crônicas e Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

A estrelinha
     Clarinha desejava alcançar as estrelas.
     Uma noite, ela viu uma estrelinha azul tão brilhante, tão brilhante, que acreditou mesmo poder tocá-la. Ficou de pé em sua cama e esticou o braço pela janela, abrindo e fechando os dedinhos roliços, como se quisesse pegar um brinquedo.
     Franziu a testa. Sua boca apertava a língua de lado. Então ergueu um pé e esticou-se ainda mais. Estava tão determinada que acreditou que podia simplesmente voar e pescar aquela estrela com a palma da mão.
     E quando ela acreditou, ela voou. Ainda surpresa, mas contente e eufórica, foi nadando pelo ar, e até fechou os olhos para sentir com mais gosto o vento em seu rosto. Quando abriu os olhos, viu que já tinha alcançado e estrelinha azul. Então a pegou com as duas mãos, como se segurasse um passarinho.
    Clarinha não queria mais deixar sua estrela. Mas Clarinha não podia morar no céu, ela era uma menina e tinha sua vida de menina. E a estrela pertencia às outras estrelas. Clarinha abraçou a estrela contra seu peito, despedindo-se, agradecida pelo feito e pelo encontro. Então, Clarinha abriu as mãos, devolvendo a estrelinha para o céu, e voltou para o seu quarto, descendo flutuante como uma pena. Deitou em sua cama, recostando-se alegremente em seu travesseiro, e adormeceu.
     Mas Clarinha havia abraçado a estrela tão forte e tão profundamente, que ela nem percebera que um raiozinho azul e radiante entrara em seu palpitante e corajoso coração.
     A partir desse dia, Clarinha brilhou.
Vitor Pereira Jr
Enviado por Vitor Pereira Jr em 24/10/2013
Alterado em 20/11/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras