Vitor Pereira Jr
Contos, Crônicas e Versos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

A placa na grama

“Não pise na grama!”, infere a placa
Mas a placa não basta
Pisam na grama
Riscam a placa.

Contrata-se um vigia
E vigia-se a grama e vigia-se a placa
A placa que não basta, quando se ausenta o vigia
(E se for mal vigia, há que se vigiar o vigia)

“Não pise na grama!”, infere a placa
Mas, e se mente a placa?
A placa não basta.

“Pise na grama!
Sinta a grama!
Brinque na grama!
Cuide da grama!”,
convidaria a nova placa.

E ao lado dos dizeres, um espaço em branco com outro convite:
“Risque aqui!”.
E contratar-se-ia,
além do vigia, um recreador.
Vitor Pereira Jr
Enviado por Vitor Pereira Jr em 20/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras